Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Cinema’

“Se fosse possível transformar Bleach em um filme live-action, eu jamais teria começado a desenhar o mangá. Eu quero desenhar algo que só seja possível de se fazer como um mangá”, afirmou Kubo, em 2008

Eu trabalhava ainda lá no site da Henshin quando disse que o Kubo tinha recusado um contrato de Hollywood. Pois bem, de 2008 pra 2010 muita coisa mudou. Até sua ideia de uma adptação hollywoodiana. Quer dizer, não dá pra saber ainda se é coisa da cabeça dele – que diz em tuitadas randômicas que consegue desenhar em terremotos de até 4.5 na escala Richter -, mas a Warner Brothers já está em negociação para a compra dos direitos de adaptação das histórias do Shinigami de cabelo laranja.

De acordo com os informes da ANN, as negociações estão em andamento e tem gente até se candidatando pra produzir o filme. O diretor Peter Segal (de Agente 86) já se coloca na frente da lista de indicações como produtor (e não diretor) do longa que deve mostrar os passos do jovem Ichigo sobrevivendo o bullying da escola, tendo que lidar com a cor estranha do seu cabelo e enfrentando ameças alienígenas com uma espada laser. Opa! Peraí!!!

A Warner Brothers anda toda firulenta, querendo adaptar uma porrada de animes para filmes de qualidade duvidável (vide o DBZ da Fox). Eles já contam com Akira e Ninja Scroll na fila de espera. Bleach é publicado no Brasil pela Panini e já conta com 32 edições lançadas.

Enfim, estou chocado!

Read Full Post »

Certas histórias de filmes fazem uma absurda referência à época em que são produzidas. Quer dizer, não no sentido de O Triunfo da Vontade, de Leni Riefenstahl, mas em sua carga pitoresca de significado. Aí eu posso citar os filmes de ninjas dos anos 80, que os escritores misturavam referências samurais com japonesas e até americanas, com exércitos e ex-fuzileiros navais cegos que ficam presos no Vietnã e aprendem o jeito dos nativos para sobreviver (?), a filosofia de treinamento de artes marciais iniciada com o metafórico aprendizado de Daniel San e até a mistureba de China-Japão que o The Last Dragon proporciona em suas quase 1h30 de filme. “Quem é o mestre, Leroy?”, lembra?

Será que tem em DVD no Brasil? Se não, vamos para a filantropia...

Tudo isso porque ontem eu tava vendo How I Met Your Mother e, enquanto o Marshal treina os infantes alunos da escolinha que a Lilly trabalha, aparece uma citação do Garoto do Futuro (Teen Wolf) durante a narração do Ted de 2030. E como aquele filme era bom. E ruim!!!

Um lobisomen que jogava basquete?! Só pode ser piada! E fez sucesso. Acho. Se bem me lembro, eu curtia aquele filme, mas só o primeiro, com o Michael J. Fox no papel principal. “Teen Wolf Too” acho que nem tive o desprazer de conhecer.

Enfim, era só isso que eu queria falar. E como foram de ano novo? O meu foi legal! Rendeu histórias e algumas teorias que farão parte de um livro guia para esse tipo de situação. Wait 4 it.

A especialidade do Teen Wolf eram as enterradas... COOL!

Ah, os anos 80…

Read Full Post »

Mais uma nova seção no site. Tentarei mostrar um lado bom de séries, filmes e quaisquer coisas odiadas pelo público em geral. Claro, apenas as que realmente merecerem. E começarei a coluna defendendo uma série que eu também repudiava com todas as minhas forças, Felicity.

Minha linha de defesa utilizar-se-á da importância do seriado como laboratório de experimentação de J.J. Abrams para todo o resto da sua carreira de sucessos.

Após o clique.

(mais…)

Read Full Post »

Eu gosto de comédia romântica. Sempre gostei. Sempre que aparece uma no cinema eu penso duas vezes antes de ir. Penso porque tem muita coisa ruim no mercado que não vale a pena gastar pelo ingresso. Alguns nomes, como o dos irmãos Farelly ou as adaptações de Nick Hornby são obrigatórias.

Como faz tempo que eu não faço nenhum TOP 5 (e porque o Móglis postou sobre o Yes Man) e pra mostrar que não dependo de nenhum gancho noticioso, aí vai um com as cinco namoradas mais legais dos filmes.

(mais…)

Read Full Post »

Numa galáxia muito, muito distante… eis que surge o primeiro review desse café.

Tá, quase não consegui postar aqui, fiquei lendo Monster Hunter (viciado) e perdi a hora. Mas lá vai, depois do cut.

(mais…)

Read Full Post »